Nossas tecnologias de estimação

Nossas tecnologias de estimação

Hoje, as tecnologias telemáticas (que combinam as telecomunicações com a informática) não estão mais restritas a espaços técnicos, áridos e exatos. Estão ao alcance de todos, sem distinção: alimentando, instruindo, entretendo, comunicando, locomovendo, fazendo dormir. Deixaram de ser vistas como coisa distante, monstruosa e pavorosa, e está em nossa casa, como um animal doméstico que todos querem ter.

Essas tecnologias, enfim, tornaram-se objetos de desejo com os quais todos queremos aprendar a lidar. Muitos por prazer, outros por necessidade. Aparatos tecnológicos como computadores, notebooks e smartphones, tão presentes em momentos fundamentais de nossa vida, não são mais artigos de luxo, mas instrumentos de trabalho, meios de diversão, objetos de consumo popular.

Hoje, lidar com informação é lidar com tecnologias telemáticas. Não dá para escapar. Caso contrário, corremos o risco de ficarmos alienados, distantes da realidade contemporânea, incapazes de estabelecermos diálogo com as novas gerações.

[© Rosy Feros, 1999]

 

 

 

Ilustração: "VALUES+ - Uma campanha para AKTO", por Charis Tsevis.

 

 

 

 

"o espírito é o software do homem

a carne é o hardware do divino

as máquinas são longos braços

que alcançam o fio do divino"

[Rosy Feros]

Contato

Rosy Feros
São Paulo, Brasil

<© 2008 - 2017, Rosy Feros. Direitos Autorais Reservados. Textos e imagens licenciados sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito à autora original ("Rosy Feros")