Vinho tinto

Vinho tinto

desabriguei a alma do quarto escuro

desanuviei a palma e o sorriso mudo

 

desacotovelei-me da janela de meu mundo

acocorei-me em frente ao mar profundo

 

embebi os olhos com águas e absinto

mastiguei as sementes de meu instinto

 

descosi os sonhos feitos de lã de vidro

guardei o coração em vinho tinto

 

[© Rosy Feros, 2000]

 

 

Contato

Rosy Feros
São Paulo, Brasil

<© 2008 - 2017, Rosy Feros. Direitos Autorais Reservados. Textos e imagens licenciados sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito à autora original ("Rosy Feros")