Tecnologias digitais & fake news

27/06/2019 13:29

Não se podem culpar as novas tecnologias digitais pela disseminação desenfreada de notícias falsas, nem pela divulgação de certas versões altamente questionáveis de fatos que aconteceram.

O que ocorre é que a busca pelo fato real e pela verdade foi substituída, em importância, pela forma como é contada um fato ocorrido: a linguagem utilizada na descrição, embebida das impressões causadas no narrador, é que dá valor ao fato, mas do que a própria existência do fato em si.

É a narrativa sendo considerada mais importante que o fato; é o contador de estórias que ganha relevo, sobrepondo-se à própria noção de realidade.

Resultado: diante de tantos relativismos e parcialidade, qualquer narrativa é importante e qualquer narrador pode alterar a realidade objetiva, uma vez que se perdeu toda a crença na moral e verdade absolutas. Nada existe que seja bom ou mau por si mesmo, e toda a vida vira uma ficção - ganha quem contar a melhor estória.

Não é à toa que muito se tem dito que o Jornalismo morreu, e que a parcialidade política tem provocado fortes revisionismos históricos, querendo alterar fatos históricos reais e objetivos (como o Holocausto, por ex.) através de narrativas politicamente corretas.

 

[Rosy Feros, 27/06/2019]

[Rosy Feros, 27/06/2019]

Voltar

Contato

Rosy Feros
São Paulo, Brasil

RESPEITE OS DIREITOS AUTORAIS E A PROPRIEDADE INTELECTUAL

Mapa do site

<© 2008 - 2020, Rosy Feros. Direitos Autorais Reservados. Textos e imagens licenciados sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito à autora original ("Rosy Feros").